Sobre acessibilidade

Serviços

10/01/2020 - 15:45

 

O ano de 2019 foi de muitas mudanças no Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará (Iasep), mas ainda há muito por fazer. Por isso, para 2020, já foram estabelecidas algumas metas, tanto para fortalecer o que vem sendo realizado quanto para implantar novas ações, para melhorar a qualidade da assistência prestada.

O processo de interiorização do plano continuará sendo uma marca da gestão. “Em 2019, apenas começamos um movimento contrário ao que vinha ocorrendo até então, que era de concentração dos serviços na região metropolitana. Iniciamos a ampliação da rede credenciada nos municípios e o fortalecimento das agências municipais. Pretendemos reabrir agências que se encontram fechadas e tornar o plano presente em um número cada vez maior de cidades”, adianta o presidente da autarquia, Bernardo Almeida.

Itinerante – Além da interiorização, o Iasep também vai investir na descentralização de serviços da sede da Avenida Gentil Bittencourt, com o Programa Iasep Itinerante, na capital. A iniciativa pretende levar, a cada semana, equipes da autarquia para os diversos órgãos estaduais, para oferecer, in loco, alguns serviços, como relacionados a cadastro e de autorização de exames simples.

“Iremos, prioritariamente, para unidades de órgãos em que temos maior número de segurados, como Seduc, Polícia Militar e Sespa. Além disso, pretendemos ampliar nossa presença nas Estações Cidadania da região metropolitana, em outros postos além do que temos atualmente, no Shopping Metrópole de Ananindeua”, explica Gisele Brandão, gerente de Cadastro.

Modernização – Em estudo desde o ano passado, um novo sistema de regulação em saúde será implantado em 2020, para otimizar o gerenciamento de todos os procedimentos realizados via Iasep, inclusive os hospitalares, que hoje ainda são registrados manualmente. “Além de tornar os processos bem mais lentos, essa prática não é sustentável, pois o gasto de papel é enorme. Queremos mudar isso”, pontua o diretor de Assistência do Iasep, André Oliveira. “Esse novo sistema permitirá também um refinamento nos nossos processos de auditoria, ou seja, teremos maior rigor na fiscalização”, complementa o gestor.

Ouvidoria – Outro objetivo traçado para 2020 é a implantação de uma Ouvidoria, para melhorar o relacionamento com os públicos do Iasep e a resolutividade das demandas, princípios que já vêm sendo desenvolvidos no último ano. “Já estamos colocando isso em prática, mas agora teremos um canal formal para acolher todas as manifestações, sejam elas denúncias, reclamações, sugestões, elogios ou solicitações”, ressalta Geciara Santos, coordenadora de Gestão em Saúde.

Para Bernardo Almeida, dar esse passo representa o compromisso com valores fundamentais da administração pública: a transparência e o controle social. “Alguns dos pilares da nossa gestão são esse respeito com o que é público e essa abertura a dialogar, seja com segurados, seja com credenciados. Só assim podemos avançar e cumprir nosso papel”, finaliza.

 

Texto e foto: Ádria Azevedo (Núcleo de Comunicação/Iasep)