Sobre acessibilidade

Serviços

07/06/2017 - 14:45

O Instituto de Assistência dos Servidores do Pará (Iasep) publicou nesta terça-feira, 6, uma chamada pública para a contratação de especialidades médicas, tratamento sequencial e diagnóstico por imagem para os municípios de Belém e Ananindeua. Os interessados em oferecer os serviços de saúde aos segurados do Iasep podem acessar os editais de chamada pública no Compras Pará (compraspara.pa.gov.br) ou no site do Instituto (iasep.pa.gov.br).

Para expandir a rede de credenciados, o Iasep está buscando serviços de especialidades em clínica médica, reumatologia, endocrinologia, hepatologia, hematologia, nefrologia, neurologia, neurocirurgia pediátrica, oftalmologia, ortopedia, cardiologia, ginecologia, psiquiatria, pediatria, infectologia e tratamento sequencial em fisioterapia, RPG, fonoterapia, psicoterapia, terapia ocupacional, hemodiálise, nutrição e acupuntura. Essa é a 16ª chamada pública de serviços para o Iasep em 2017.

A presidente do instituto, Iris Gama, explica que os planos de saúde têm dificuldade na contratação de médicos especialistas em áreas de atendimento clínico. “Mesmo na capital, ainda é grande a procura por especialidades de reumatologia, endocrinologia, hepatologia, hematologia e infectologia, porque é pouca a oferta de profissionais. Esse é um quadro que atinge os planos em todo o país”, diz ela.

Iris Gama, que é vice-presidente do Conselho Nacional de Entidades de Saúde dos Servidores Públicos (Conessp), afirma que as discussões entre os gestores dos planos de servidores apontam para a carência de atendimentos clínicos ambulatoriais, principalmente em regiões mais distantes das capitais. "No Pará, devido a pouca oferta de serviços, esses profissionais têm geralmente uma agenda muito cheia para atenderem tanto de forma particular quanto aos segurados de planos de saúde, por isso estamos constantemente buscando algumas dessas especialidades", avalia a presidente do Iasep.  

Mais atendimentos

De acordo com a presidente, o Iasep registrou um aumento significativo na realização de consultas médicas e autorizações de exames no mês de maio. Em 2016 o instituto operou 50 mil consultas por mês. Em maio, essa média cresceu para 52 mil consultas, “o que é um reflexo da regularidade de pagamentos à rede credenciada, o que está possibilitando a melhoria e eficácia da prestação de serviços em saúde”, afirma Iris Gama.

Na Central de Atendimentos aos segurados do Iasep, em Belém, esse aumento no número de consultas realizadas implica também em uma busca maior por autorizações de exames, cirurgias e tratamentos sequenciais. “Até o ano passado, a Central de autorizações recebia cerca de mil pessoas por dia. Este ano, estamos recebendo mais de 1400 pessoas diariamente na Central. Isso porque as consultas geram mais pedidos de exames, cirurgias e tratamentos”, garante a gestora do instituto.

Serviço:
Poderão participar do credenciamento de serviços as empresas de saúde regularmente cadastradas em Belém e Ananindeua. Os documentos solicitados estão listados no edital, publicado no site do Instituto (iasep.pa.gov.br), e podem ser entregues até o dia 14 de junho, na Central dos Segurados (Av. Gentil Bittencourt nº. 2175- 1º andar - Bairro: São Braz), no horário de 9h às 14h.