Sobre acessibilidade

Serviços

18/05/2021 - 20:00

 

Trabalhadores da linha de frente do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará (Iasep) tiveram uma manhã de alívio e esperança nesta terça-feira (18). Seja servidores ou colaboradores, todos os que atuam diretamente com o público ou em meio a este, na sede do Iasep na Av. João Paulo II, em Belém, receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19.

No total, foram 38 pessoas vacinadas, entre funcionários do atendimento ao público, motoristas, auxiliares de serviços gerais, copeiras e porteiros. A ação foi realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma), que disponibilizou os imunizantes da Oxford/AstraZeneca, produzidos pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O enfermeiro Moisés Vaz, gerente de Regulação de Saúde, um dos coordenadores do evento e também um dos vacinados, falou sobre a importância da imunização dos trabalhadores do Iasep. “Nesse mais de um ano de pandemia, o instituto nunca deixou de atender, e sempre tivemos contato com pacientes de covid, uma exposição muito grande. Eu mesmo já cheguei a atender várias pessoas que me relataram ‘eu estou com covid, estou vindo aqui porque preciso de um exame’. Com essa vacina, ficamos mais tranquilos”, avaliou.

O servidor Jonaty Furtado, assistente administrativo do atendimento de autorização de exames, achou a iniciativa fundamental para quem trabalha na linha de frente. “Peguei covid recentemente e acredito que foi no atendimento ao público. Tive 80% do pulmão comprometido e sei o risco que passamos. A gente lida todos os dias com pacientes que podem estar com covid, pega em papel que pode estar contaminado”, relatou.

Raiane Lourenço, funcionária terceirizada que trabalha na recepção do setor de solicitação de cirurgias, opina que quem atua diretamente no atendimento ao público fica exposto a qualquer tipo de doença, inclusive a covid. “Agora me sinto mais segura e aliviada. É uma emoção enorme, porque muitos ainda não conseguiram vacinar, e hoje chegou o meu grande dia. É uma emoção única. Espero que todos um dia consigam!”, disse, esperançosa.

O próximo passo será promover a nova rodada de vacinação, com a segunda dose, aos vacinados hoje, daqui a doze semanas.

 

Texto e fotos: Ádria Azevedo (Núcleo de Comunicação/Iasep)