Sobre acessibilidade

Serviços

21/01/2019 - 14:45

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), só no ano passado, a cada 40 segundos, uma pessoa cometeu suicídio em alguma parte do mundo. Pensando na crescente onda de depressão que vem aumentado no século XXI, inclusive no Brasil, psicólogos de Minas Gerais criaram em 2014 a campanha “Janeiro Branco”, de conscientização sobre os cuidados com a saúde mental.

Desde sua criação, a mobilização tem contado com a adesão de profissionais de todo o país. O principal objetivo da campanha é sensibilizar sociedade civil, entidades e autoridades públicas para uma cultura de valorização da saúde mental e bem-estar, alertando sobre prevenção e tratamento de quadros como ansiedade, depressão e risco de suicídio.

Segundo a psicóloga Valterlina Camelo Xavier, credenciada para atendimento psicológico pelo Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado do Pará (Iasep), é necessário discutir a importância da busca pela qualidade de vida. “Esse debate [do Janeiro Branco] serve para reavaliar as experiências vividas no ano que passou e as mudanças que queremos para o ano seguinte, propondo planejamento de ações, visando definir a saúde mental e emocional como um estado de equilíbrio”, afirma a profissional.

Em 2018, o Iasep ofereceu um total de 99.533 sessões de psicoterapia a seus segurados, com uma média mensal de 8.294 atendimentos. Para Valterlina Xavier, o que leva cada pessoa a buscar ajuda profissional é muito particular. “Quando percebemos que por algum motivo não estamos bem, sendo consumidos por estresse, desânimo, tristeza, dificuldades nas relações, o processo da psicoterapia poderá nos ajudar a sentir melhor e descobrir como lidar com tais dificuldades. Isso facilita a relação com os outros, com o mundo e, principalmente, conosco. Quando este cuidado não acontece, pode levar a pessoa a atingir níveis elevados de estresse, crises recorrentes de ansiedade, transtorno do pânico, depressão, etc.”, adverte a psicóloga.

Cuidados – Além do cuidado profissional, Valterlina sugere algumas dicas que podem ajudar a manter a saúde mental: incluir na rotina a prática de atividades físicas, alimentação saudável, boa qualidade de sono e investir em momentos de lazer com a família e amigos. Atividades prazerosas, que proporcionam relaxamento e tranquilidade, como ler um bom livro ou ouvir música, trazem para o dia a dia uma leveza que ajuda a iniciar a rotina sem acúmulo de tensão.

Serviço – Para realizar as sessões de psicoterapia pelo Iasep, o segurado deve ter um encaminhamento médico. Cada segurado tem direito a 24 sessões por ano. Em casos específicos, como em diagnósticos de depressão, é possível solicitar sessões adicionais ao plano. Conheça melhor as regras no link:  http://www.iasep.pa.gov.br/regras-do-plano-%E2%80%93-ades%C3%B5es-cotas-e-outros-direitos-do-segurado.

Texto: Crystine Vasconcelos, sob supervisão de Ádria Azevedo (Núcleo de Comunicação/Iasep)

Foto: Freepik