Sobre acessibilidade

Serviços

10/08/2017 - 18:30

O Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará (Iasep) doou mais de 300 livros para a biblioteca do Hospital de Clínicas Gaspar Vianna e quase 200 para a Imprensa Oficial do Estado. A ação faz parte da campanha "Leia. Mude sua história", promovida pelo governo do Estado, com o objetivo de incentivar a leitura e diminuir o índice de analfabetismo no Pará.

“Os livros doados são para todos os gostos e de interesse geral, para incentivar a leitura inclusive em ambiente hospitalar”, informou a chefe de gabinete do Iasep, Ana Amélia Lobo, que coordenou a arrecadação de livros no Instituto e entregou os exemplares para as duas instituições.

No Hospital de Clínicas Gaspar Vianna, pacientes e seus familiares fazem da leitura uma forma de amenizar o desconforto da rotina hospitalar. Os livros doados pelo Iasep foram entregues à “Biblioteca Circulante”, voltada ao atendimento de pacientes internados.

Interesse - A coordenadora da biblioteca, Irene da Costa Miranda, contou que três vezes por semana pacientes vão ao local para ler ou emprestar livros. “É um momento de lazer muito bom para todos. É a forma que encontramos para ajudá-los a enfrentar a dor e o sofrimento. As crianças são as que mais gostam de ler, e isso é muito gratificante para nós’’, afirmou Irene Miranda.

Ela agradeceu pelos livros doados, em nome da direção da Fundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna, e enfatizou que as publicações vão enriquecer o acervo da biblioteca. “Essa doação vai engrandecer muito o nosso acervo, que é consumido frequentemente pelos leitores, e por isso estava com uma carência muito grande de novas obras”, disse a coordenadora.

Mobilização - A arrecadação mobilizou segurados e servidores nas unidades do Iasep. A servidora Tereza Falcão (foto), que trabalha na sede do Instituto, considera a campanha uma forma de ajudar o próximo. Ela participou doando mais de 100 livros. “Acho essa campanha um gesto nobre e grandioso. Por meio dos livros, estamos levando cultura e conhecimento para aquelas pessoas que não têm acesso a uma livraria ou condições de comprar livros’’, ressaltou a servidora.

Na semana passada, o Iasep doou cerca de 200 livros para a Imprensa Oficial do Estado, que serão usados no Projeto Livro Solidário, coordenado pela IOE em parceria com o Núcleo de Articulação e Cidadania (NAC), e apoio da Secretaria de Estado de Comunicação (Secom).

A coordenadora do Projeto Livro Solidário, Carmen Palheta, destacou a importância da doação feita pelo Instituto. “A partir do momento em que um órgão como o Iasep se predispõe a desenvolver uma campanha interna, tendo como foco o livro, é uma prova de que a gestão tem sensibilidade social e um componente político, que é fazer parte da comunidade através do incentivo à leitura’’, frisou Carmen Palheta.

Segundo Ana Amélia Lobo, o Instituto continuará recebendo doações de livros para a campanha “Leia. Mude sua história’’, visando levar mais exemplares para outras instituições. “Notamos que, embora o foco fosse a arrecadação de livros, os próprios segurados do Iasep que iam ao prédio para autorização de exames passaram a ler os livros no local, ou pediam para levar para casa os exemplares que os agradavam. Muitos livros arrecadados foram entregues a eles, e isso foi muito gratificante, porque mostrou na prática o resultado das doações”, afirmou Ana Amélia Lobo. (Colaboração de Ana Luiza Pinto e Deliane Lima).

Serviço: As doações ao Projeto Livro Solidário podem ser feitas diretamente na sede do Iasep (Avenida Dom Romualdo de Seixas, 1563, Bairro Umarizal) e na Central de Segurados (Avenida Gentil Bittencourt, 2175, Bairro São Brás).